fol





Be of GREAT HEART our dear friends.

SO VERY MUCH HAS CHANGED …

SO VERY MUCH IS CHANGING …

SO VERY MUCH WILL CHANGE …

For it is written in the stars.

Are you not ALL ‘Children of the stars’? Did you not KNOW what you had decided and then came to Earth to put it into place?

The Federation o Light -- 16th August, 2014


to gain space


Labels

Tuesday, May 20, 2014

MUDEM O MUNDO! “DECIDAM SE PODEMOS MOSTRAR-NOS!”



MUDEM O MUNDO!
“DECIDAM SE PODEMOS MOSTRAR-NOS!”

Traduzam e espalhem esta mensagem por todo o lado. 

-------------------------------------------------------------------------------
Quem transmitiu esta mensagem para vós é irrelevante, e deve permanecer anónimo na vossa mente. O que importa é o que  vocês vão fazer com esta mensagem!

Cada um de vós deseja exercer o seu livre arbítrio e experimentar a felicidade, que são atributos que nos foram mostrados e aos quais, agora, podemos aceder. O livre arbítrio depende do conhecimento que têm sobre o vosso poder. A felicidade depende do amor que vocês dão e recebem.

Como acontece com todas as raças conscientes nesta fase do progresso, podeis sentir-vos isolados no vosso planeta. Essa impressão dá-vos a certeza do vosso destino. No entanto, estão  à beira de grandes mudanças e apenas uma minoria tem consciência delas. Não é da nossa responsabilidade mudarmos o vosso futuro sem a vossa escolha. Considerem esta mensagem como sendo um referendo mundial. E a vossa resposta como um voto!


Quem somos?

Nem os vossos cientistas, nem os vossos representantes religiosos falam unanimemente sobre os acontecimentos celestes não explicados, que a Humanidade testemunhou durante milhares de anos. Para saber a verdade,  devem enfrentá-la sem o filtro das crenças, por mais respeitáveis que possam ser.

Um número crescente de pesquisadores anónimos está a explorar novos caminhos do conhecimento e estão a chegar muito perto da realidade. Hoje, a vossa civilização está inundada por um oceano de informações e apenas uma pequena parte, a menos perturbadora, é muito difundida.

Na vossa História, o que parecia ridiculo ou improvável, tornou-se muitas vezes possível, depois, realizável, sobretudo nos últimos cinquenta anos. Estejam cientes que o futuro será ainda mais surpreendente. Ireis descobrir o pior, mas também o melhor.

À semelhança de biliões de outros seres nesta galáxia, somos criaturas conscientes  que alguns designam como “extraterrestres,” mesmo que a realidade seja mais subtil.



Não há diferença fundamental entre vocês e nós, salvo a experiência de certas fases da evolução.  Como em qualquer outra estrutura organizada, existe hierarquia no nosso relacionamento interno. A nossa é baseada na sabedoria de várias raças. É com a aprovação dessa hierarquia que nos voltamos para vós.


Estamos à procura de um Ser Supremo, como muitos de vós. Por esta razão, não somos deuses ou deuses menores, mas, essencialmente,  somos vossos iguais na Irmandade Cósmica.

Fisicamente, somos um pouco diferentes, mas a maioria tem a forma humanoide. A nossa existência é uma realidade, mas a maioria ainda não percebeu. Não somos meras observações, somos consciências, como vós. Vocês não conseguem ver-nos porque, na maior parte das vezes, permanecemos invisíveis aos vossos sentidos e instrumentos de medida.

Desejamos preencher este vazio, neste momento da vossa História. Tomamos esta decisão colectiva, mas não basta. Também necessitamos da vossa. Através desta mensagem, sereis vós a tomar essa decisão! Vocês, pessoalmente. Não temos um representante humano na Terra, que possa orientar a vossa decisão.

 
Porque não somos visíveis?


As “Humanidades” cósmicas, em certas fases da sua evolução, descobrem novas formas da ciência para além do controlo aparente da matéria. A desmaterialização e a materialização estruturadas, fazem parte dela. É o que a vossa Humanidade alcançou em alguns laboratórios, em colaboração estreita com outras criaturas “extraterrestres” a custo de compromissos perigosos, que permanecem propositadamente escondidos de vós, por alguns dos vossos representantes. Além de objectos aéreos ou espaciais, ou fenômenos conhecidos pela vossa comunidade científica, a que chamam  'UFOs/OVNIs’, há naves espaciais essencialmente multidimensionais fabricadas com estas capacidades.

Muitos seres humanos têm estado em contacto visual, auditivo, táctil ou psíquico com estas naves, algumas das quais estão sob a tutela dos poderes ocultos que vos “governam”. A escassez das vossas observações deve-se às vantagens facilmente percebidas, obtidas pelo estado desmaterializado das nossas naves.

Como não podem testemunhá-las, não acreditam na sua existência. Compreendemos perfeitamente. A maioria destas observações são feitas numa base individual, como para tocar a alma e não modificar nenhum sistema organizado. É uma decisão deliberada das raças que vos rodeiam, mas por razões e resultados muito diferentes.

Para os seres multidimensionais negativos que participam no exercício do poder à sombra da oligarquia humana, ser discretos é motivado pelo seu desejo de manter a sua existência e captura desconhecidas. Para nós, a reserva  é motivada pelo respeito do livre arbítrio humano, que as pessoas podem exercer para gerir os seus assuntos, a fim de poderem alcançar maturidade técnica e espiritual por si mesmas. A entrada da Humanidade na família das civilizações galácticas é esperada com ansiedade.

Podemos aparecer em plena luz do dia e ajudar-vos a atingir esta união. Até agora ainda não fizemos isso, porque só poucos de vós o desejaram genuinamente, devido à ignorância, à indiferença ou medo, e porque a urgência da situação não justificava.  Muitos dos que estudam os nossos aparecimentos, contam as luzes na noite, sem antecipar. Muitas vezes contam em termos de objectos, quando é tudo sobre seres conscientes.

Quem sois?

Vocês são a descendência de muitas tradições que, através do tempo, foram mutuamente enriquecidas pela contribuição de outros. O mesmo aplica-se às raças à superfície da Terra. O vosso objectivo é unirem-se com respeito por estas raízes para cumprir um projecto comum. A aparência das vossas culturas parece manter-vos separados, porque está a substituir o vosso ser mais profundo.  Agora é mais importante a forma do que a essência da vossa natureza subtil. Para os poderes instituídos, a prevalência da forma constitui uma protecção poderosa contra qualquer forma de perigo.

Vocês estão a ser solicitados para superar a forma, continuando a respeitá-la pela sua riqueza e beleza. Compreender a consciência da forma, faz-nos amar os homens na sua diversidade. Paz não significa não fazer a guerra, ela consiste em tornar-se o que vocês são na realidade: uma mesma e única Fraternidade.

Ao comprendê-lo, o número de soluções ao vosso alcance está a diminuir. Uma delas consiste em contactar outra raça que reflicta a imagem do que vocês são, na realidade.


Qual é a vossa situação?


Excepto em raras ocasiões, as nossas intervenções têm uma incidência muito pequena na vossa capacidade de tomar decisões colectivas e individuais, sobre o vosso próprio futuro. Isto é motivado pelo nosso conhecimento dos vossos mecanismos psicológicos profundos.

Chegamos à conclusão que a liberdade é construída todos os dias, quando um ser se torna ciente de si mesmo e do  ambiente que o rodeia, começando a libertar-se, progressivamente, dos constrangimentos e das inércias, quaisquer que elas sejam. Apesar de haver numerosas consciências humanas, desejosas  e corajosas,  essas inércias são mantidas artificialmente para  proveito dum poder centralizador crescente. Até há pouco tempo, a Humanidade vivia tendo um controlo satisfatório das suas decisões. Mas está a perder cada vez mais o controlo devido ao uso de tecnologias avançadas, com consequências letais nos ecosistemas humanos e ambientais, tornando-se irreversíveis. Lentamenta, mas de maneira firme, estão a perder a vossa capacidade extraordinária de tornar a vida desejável. A vossa flexibilidade irá diminuir artificialmente, independentemente da vossa vontade. Essas tecnologias existem para afectar o vosso corpo, como também a vossa mente. Esses planos estão a ser postos em marcha.  
 Esta situação pode mudar enquanto mantiverem o vosso poder criativo dentro de vós, mesmo se cobitam com as intenções sombrias dos vossos senhores potenciais. Esse poder individual está condenado a enfraquecer  se não acontecer uma reação colectiva de grande magnitude. O período a seguir é de rutura, seja ele qual for.

Mas deverão esperar pelo último minuto para encontrar soluções? Deviam antecipar ou suportar a dor? A vossa História nunca cessou de ser marcada por encontros entre povos que tinham que descobrir-se uns aos outros em condições que eram muitas vezes conflituosas. As conquistas quase sempre aconteceram em detrimento de outros. A Terra tornou-se uma aldeia onde todos se conhecem, mas os conflitos persistem e as ameaças de todos os tipos, tornam-se cada vez piores em duração e intensidade.
Apesar do ser humano como indivíduo, ainda ter muitas capacidades potenciais, não pode exercê-las com dignidade. É o que acontece à maior parte de vós, por razões essencialmente geopolíticas. Há vários biliões de seres humanos. Não obstante, a educação dos vossos filhos e as suas condições de vida, bem como as condições de inúmeros animais e plantas estão, sob o polegar de um pequeno número dos vossos representantes políticos, financeiros, militares e religiosos.

Os vossos  pensamentos e crenças são modelados por interesses partidários, para tornar-vos escravos, enquanto, ao mesmo tempo, dão-vos a sensação de que estão no controlo total do vosso destino, o que, essencialmente, é  realidade.

Mas há um longo caminho entre um desejo e um facto, quando as verdadeiras regras do jogo disponíveis estão escondidas. Desta vez, vocês não são os conquistadores.

Para os seres humanos, influenciar a informação é uma estratégia milenar. Induzir pensamentos, emoções e organismos que não vos pertencem  através de tecnologias ad hoc, é uma velha estratégia do mesmo.

Oportunidades maravilhosas de progresso permanecem junto a grandes ameaças de subjugação e de destruição. Estes perigos e oportunidades existem agora. No entanto, só podem perceber o que vos está a  ser mostrado. O fim dos recursos naturais está programado, se bem que não tenha sido lançado nenhum projecto colectivo a longo prazo.

Os mecanismos de exaustão do ecosistema excederam limites irreversíveis. A escassez dos recursos e da sua distribuição injusta – recursos cujos preços irão subir de dia para dia – trarão lutas fratricidas em larga escala, mas também no coração das vosssas cidades e nas zonas rurais.

O ódio torna-se cada vez maior mas também o amor. É o que vos faz confiar na vossa capacidade de encontar soluções. Mas a massa crítica é insuficiente e está ser levado a cabo uma sabotagem inteligente.

Os comportaqmentos humanos, formados pelos hábitos e pelo treino do passado, têm tal inércia que esta perspectiva conduz-vos para um beco sem saída. Perante essas dificuldades, vocês confiam esses problemas aos representantes, cuja consciência do bem estar comum apaga-se lentamente em frente aos interesses empresariais. Estão sempre a debater a forma, mas raramente se debruçam sobre o conteúdo.

Precisamente no momento da acção, as demoras irão acumular-se ao ponto de vocês terem de submeter, em vez de escolher. É a razão pela qual, mais do que nunca na vossa História, as vossas decisões de hoje irão ter um impacto directo e significativo na vossa sobrevivência de amanhã. Que evento poderia modificar radicalmente esta inércia que é típica de qualquer civilzação? De onde vem uma consciência colectiva e unificadora, que pare esta corrida cega para a frente?

As tribos, as populações e as nações humanas encontraram-se sempre e interagiram umas com as outras. Diante das ameaças que pesam sobre a família humana, talvez seja a hora de que ocorra uma interação maior. Uma grande onda a rolar está na iminência de sair. Ela mistura aspectos muito positivos, mas também muito negativos.

Quem são os que constituem o "terceiro partido"?


Há duas maneiras de estabelecer  um contacto cósmico com outra civilização: através dos seus representantes conhecidos ou directamente com quaisquer  indivíduos sem distinção. A primeira maneira engloba luta de interesses, a segunda traz consciência e conhecimento.


A primeira maneira foi escolhida por um grupo de raças motivadas em manter a Humanidade na escravidão, controlando os recursos da Terra, o conjunto de genes e a energia emocional humana. A segunda maneira foi escolhida por um grupo de raças aliadas à causa do Espírito de serviço. Da nossa parte, subscrevemos esta causa desinteressada e introduzimo-nos há alguns anos aos representantes do poder humano que recusaram a nossa mão estendida alegando o pretexto de interesses incompatíveis com a visão estratégica deles. É por esta razão, que hoje os indivíduos estão a fazer esta escolha por si mesmos, sem a interferência de nenhuns representantes.

O que propusemos no passado aos que acreditavamos que tinham capacidade de contribuir para a vossa felicidade, propomos agora a ... vocês! Muitos de vós ignoram que criaturas não-humanas tomaram parte no exercício desses poderes centralizados sem serem suspeitados ou acessíveis aos vossos sentidos. Isto é tão verdadeiro que eles quase assumiram o controlo, muito subtilmente. Não permanecem necessariamente no vosso plano material, e é precisamente o que pode torná-los extremamente eficientes e assustadores, num futuro próximo. No entanto, saibam que um grande número dos vossos representantes está a lutar contra este perigo! Estejam cientes que nem todas as abducções são feitas contra vós. É difícil reconhecer a verdade! Como é que sob tais condições, vocês podiam exercer o vosso livre arbítrio, quando ele é tão manipulado? O que é que vocês são realemnte livres de fazer?

A paz e a reunificação dos vossos povos seria o primeiro passo para a harmonia com civilizações diferentes da vossa.

É precisamente aquilo que os que vos manipulam por trás dos bastidores, querem evitar a todo o custo, porque, ao dividir, eles reinam! Eles também reinam sobre os que vos governam. A sua força vem da sua capacidade de instilar desconfiança e medo entre vós. Isso prejudica consideravelmente a vossa natureza cósmica.

 Esta mensagem seria sem nenhum interesse, se a tutela desses manipuladores não tivesse atingido o seu máximo e se os seus planos enganosos e homicidas não se concretizassem, daqui a poucos anos. Os  seus prazos estão próximos e a Humanidade irá submeter-se a tormentas sem precedentes para os próximos dez ciclos.

Para se defenderem contra esta agressão sem rosto, necessitais pelo menos, ter informação suficiente que conduza à solução.

Como acontece com os humanos, existe resistência entre as raças dominantes. Aqui, novamente, a aparência não será suficiente para dizer o dominador do aliado. No vosso estado actual de psiquismo, para vós é extremamente difícil distinguí-los. Além da vossa intuição, quando for a altura certa será necessário treino. Estando cientes do valor incalculável do livre arbítrio, convidamo-vos para uma alternativa.

O que é que podemos oferecer?

Pudemos oferecer-vos uma visão mais holística do Universo e da vida, interacções construtivas, a experiência de relacionamentos justos e fraternos, a divulgação de conhecimento técnico, a irradicação do sofrimento, o exercício controlado dos poderes individuais, o acesso a novas formas de energia e, finalmente, a uma melhor compreensão da consciência.  Não podemos ajudar-vos a ultrapassar os vossos medos individuais e colectivos, ou impor-vos leis que não escolheram, trabalhar o vosso esforço individual e colectivo para construir o mundo que vocês desejam e o espírito da procura de novos céus.

O que é que recebemos?

Se decidirem que esse contacto deve acontecer, regosijar-nos-íamos com a salvaguarda do equilíbrio fraterno desta região do Universo, com as trocas diplomáticas frutíferas, e a Alegria intensa de saber que vocês estão unidos para cumprir aquilo que são capazes. A sensação de Alegria é fortemente procurada no Universo, porque esta energia é divina


Qual é a pergunta que vos fazemos?


"QUEREM QUE NOS MOSTREMOS?”


Como é que podem responder a esta pergunta?
A verdade da alma pode ser lida por telepatia. Apenas necessitam perguntar claramente a si próprios esta pergunta e dar a resposta tão claramente quanto possível, a vós próprios ou em grupo, como desejarem. Se estiverem no coração de uma cidade, ou no meio de um deserto, isso não causa impacto à eficiência da resposta. SIM ou NÃO, IMEDIATAMENTE DEPOIS DA PERGUNTA! Façam-no como se estivessem a falar consigo mesmo, mas a pensar na mensagem.

É uma pergunta universal e estas simples e poucas palavras, postas neste contexto, têm um significado poderoso. Não devem deixar entrar a hesitação. Por esta razão é que devem pensar calmamente nesta pergunta e recomenda-se que a vossa resposta seja depois da leitura desta mensagem.


Não se apressem a responder. Respirem e deixem que todo o poder do vosso livre arbítrio vos penetre. Tenham orgulho no que são! Os problemas que vos enfraqueceram – esqueçam-nos por uns momentos para serem vós próprios. Sintam a força que salta do vosso interior. Estais no controlo de vós próprios!

Um simples pensamento, uma simples resposta pode mudar drasticamente o vosso futuro próximo, de uma maneira ou de outra. A vossa decisão individual de perguntar ao vosso eu interior que nos mostremos no vosso plano material e à luz do dia, é preciosa e essencial para vós.

Embora possam escolher a maneira mais desejável para vós, os rituais são basicamente inuteis. Um pedido sincero feito de coração e por vossa livre vontade, será sempre percebido por nós a quem for enviado. Na câmara privada de vossa vontade secreta, vocês irão determinar o futuro.


Qual é o efeito de alavanca?

Esta decisão deve ser tomada pelo maior número de vós, mesmo que possa parecer uma minoria.  Recomenda-se espalhar esta mensagem, de todas as maneiras posíveis, no maior número de línguas possível a todos à vossa volta, quer eles pareçam ou não receptivos a esta nova visão do futuro.

Fá-lo usando um tom humorístico ou de brincadeira, se isso te ajuda. Podes mesmo, aberta e publicamente, fazer piadas com ester assunto, se te sentires mais confortável, mas não sejas indiferente, pois, pelo menos, exercitarás o teu livre arbítrio.

Esquece os falsos profetas e as crenças que eles te transmitram sobre nós. Esta pergunta é uma das mais íntimas que te pode ser feita.
Tomar uma decisão por ti, como indivíduo, é o teu direito como também a tua responsabilidade!

A passividade apenas conduz à ausência da liberdade. De modo sememelhante, a indecisão nunca é eficiente. Se realmente queres agarrar-te às tuas crenças, que é algo que compreendemos, então diz NÃO. Se não souberes o que escolher, não digas SIM, POR MERA CURIOSIDADE. Isto não é um espectáculo, isto é a vida real, NÓS ESTAMOS VIVOS! E  a viver!


A vossa História está cheia de episódios, em que determinados homens e mulheres foram capazes de influenciar o desenrolar dos acontecimentos, não obstante serem em número reduzido. Assim como um número pequeno é suficiente para tomar o poder temporal na Terra e influenciar o futuro da maioria, um pequeno número de vós pode mudar radicalmente o vosso  destino em resposta à impotência, face a tanta inércia e obstáculos! Podem facilitar o nascimento da Humanidade para a irmandade.
Um dos vossos pensadores, disse, certa vez: "Dêem-me uma alavanca e eu levantarei a Terra". Espalhar esta mensagem será, então, a alavanca para fortalecer, estaremos a anos-luz do comprimento de alavanca, sereis o. artesãos para ... erguer a Terra como consequência do nosso aparecimento.


Quais seriam as consequências de uma decisão positiva?


Para nós, a consequência imediatade uma decisão colectiva favorável seria a materialização de muitas naves, no vosso céu e na Terra.

Para vós, seria o efeito directo do abandono rápido de muitas crenças e certezas. Um simples contacto visual teria enormes repercursões no vosso futuro. Muito conhecimento seria modificado para sempre. A organização das vossas sociedades seria erguida para sempre, em todos os campos de actividade.O poder tornar-se-ia individual, porque vocês veriam por vós próprios que nós vivemos. Concretamente, vocês mudariam a escala dos vossos valores!

Para nós, o mais importante é que a Humanidade forme uma única família em frente a este “desconhecido” que nós representamos!

O perigo derreter-se-ia vagarosamente dos vossos lares, porque forçaria  indirectamente os indesejáveis, aqueles a que chamamos o “terceiro partido”, a mostrar-se e a desaparecer. Teriam todos o mesmo nome de família e partilhariam as mesmas raízes: A Humanidade!


Mais tarde, seria possível trocas pacíficas e respeitosas,  se for esse o vosso desejo. Por agora, o que tem fome não pode sorrir, o que tem medo não pode dar-nos as boas-vindas. Ficamos tristes por ver homens, mulheres e crianças sofrer a tal ponto, na carne e nos corações, quando carregam tanta Luz interior. Essa Luz pode ser o vosso futuro. O nosso relacionamento podia ser progressivo.

Várias fases de vários anos  ou décadas, iriam ocorrer: o aparecimento demostrativo das nossas naves, o aparecimento físico ao lado de seres humanos, a colaboração na vossa evolução técnica e espíritual, a descoberta de partes 
da galáxia.



Novas escolhas ser-vos-iam sempre oferecidas. Então, decidiriam por si prórpios atravessar novos estágios se pensassem ser necessário para o vosso bem-estar externo e interno. Nenhuma interferência será decidida unilateralmente. Gostaríamos de partir logo que apreciassem colectivamente  que o fizessemos.

Dependendo da velocidade a espalhar esta mensagem por todo o mundo, várias semanas, ou mesmo vários meses seriam necessários antes do nosso “grande aparecimento”, se tal decisão fosse tomada pela maioria dos que terão usado a sua capacidade de escolha e se esta mensagem receber o apoio necessário.

A diferença principal entre as vossas preces diárias às entidades de natureza estritamente espiritual e esta vossa decisão actual é extremamente simples: nós estamos tecnicamente equipados para nos materializarmos!


Por que motivo tal dilema histórico?

Sabemos que os “estrangeiros” são considerados inimigos enquanto encarnam o “desconhecido”.
Numa primeira etapa, a emoção da nossa aparição irá provocar um fortalecimento das relações entre as nações, à escala mundial. Como poderiam saber se nossa chegada é consequência da vossa escolha colectiva? Pela simples razão de que, de outro modo, já estaríamos aí no vosso nível de existência há muito tempo! Se ainda não estamos, é porque ainda não tomaram essa decisão, explicitamente.

Alguns poderiam pensar que iríamos fazer-vos acreditar numa escolha deliberada vossa, de modo a legitimar a nossa chegada, mas isso não seria verdade. Que interesse teríamos de oferecer-vos abertamente aquilo a que vocês ainda não tem qualquer acesso, no entanto, para o benefício da maioria?

Como podem ter a certeza de que não é mais uma manobra do "terceiro partido" para escravizar-vos melhor? Pois as pessoas lutam sempre de forma mais eficiente contra algo que se mostra do que o contrário. O terrorismo que vos corrói não é um exemplo flagrante?
Seja como for, vocês são os únicos juizes dentro do vosso próprio coração e alma! Seja qual for a vossa escolha, será respeitável e respeitada! Na ausência de representantes humanos que poderiam induzir-vos em erro, vocês ignoram tudo sobre nós, bem como os que vos manipulam sem o vosso consentimento.

No vosso caso, o princípio da precaução, que consiste em não tentar  descobrir-nos não prevalece mais. Já estáis na caixa de Pandora que o "terceiro partido" criou à vossa volta. Seja qual for a vossa decisão,talvez possa ser que tenham de sair dela. Em face de tal dilema, uma ignorância contra  outra, vocês precisam perguntar à vossa intuição. Querem ver-nos com os vossos próprios olhos, ou simplesmente acreditar no que os vossos pensadores dizem? Essa é a verdadeira questão!

Depois de milhares de anos, vai ser inevitável ter de escolher entre dois campos completamente desconhecidos.

Por que motivo espalhamos esta mensagem entre vós?

Traduzam e espalhem esta mensagem por todo o lado. Esta acção irá afectar o vosso futuro de maneira irreversível e histórica à escala de milénios, de contrário irá atrasar uma nova oportunidade de escolher vários anos mais tarde, pelo menos uma geração, se puder sobreviver.

Não escolher significa seguir a escolha das outras pessoas. Não informar os outros significa correr o risco de obter um resultado que seja contrário às vossas próprias expectativas. Ficar indiferentes significa desistir do vosso livre arbítrio. É tudo sobre o vosso futuro. É tudo sobre a vossa evolução.


É possível que este convite não receba a vossa aprovação colectiva, e que, por causa de falta de informação, ele não seja considerado. No entanto, nenhum desejo individual passa despercebido no Universo.Imaginem a nossa chegada amanhã. Milhares de naves, Um choque cultural único na História da Humanidade de hoje. E então será demasiado tarde para lamentar por não ter feito uma escolha e espalhado a mensagem, porque esta descoberta será irreversível.

Insistimos que não se precipitem, mas pensem nisto! E decidam! As grandes corporações mediáticas não estarão necessariamente  interessadas em espalhar esta mensagem. Por esta razão, a tua tarefa é transmiti-la, na qualidade de ser humano anónimo, mas ao mesmo tempo, extraordinariamente pensante e amoroso.
Ainda sois os arquitectos do vosso destino …


.. "QUEREM QUE NOS MOSTREMOS?”

_____________________
Sois livres de publicar, reproduzir e copiar esta mensagem como gostarem! Pelo contrário, estão convidados a fazê-lo ... mas, por favor, não modifiquem ou cortem a mensagem. <
http://www.geocities.com/meetetnow/>

Postado por Aileen @ 9:49 AM

No comments:

Post a Comment

p

Terra Galactica

crop circle

ET First Contact

the way we live

Could you imagine

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

rd


info@exopoliticsportugal.com

xmas



“Glory to God in the highest, and on Earth peace, good will toward men.”

This Christmas, Give Peace



I Decree


FOR SPIRITUAL ENLIGHMENT

PLEASE VISIT THIS SITE






esoteeric II



SUBTITLES IN ENGLISH, ESPAÑOL, PORTUGUÊS

Click upon the circle after the small square for captions

pleiades

THIAOOUBA PROPHECY - 14,15,16,17,18

P. Camelot - PORTUGUESE

terra galactica uk

TSUNAMI OF LOVE

Please click the icon YouTube and then the small square at the bottom right side to get the captions CC, and choose subtitles in UKRAINIAN

埋め込み画像 1埋め込み画像 2

Popular Posts

Be divergent

CONTACT

ashtar

arabic song












SO ... ONCE AGAIN I REITERATE ...

WE ARE ASKING YOU FOR YOUR ASSISTANCE ... WE ARE PUTTING OUT AN S.O.S. ... IN LOVE ...

TO OUR STAR BROTHERS AND SISTERS ... OUR FAMILY ... WE ASK FROM OUR HEARTS ... FROM THE CORE OF WHO WE ARE ... THAT YOU UNDERSTAND OUR SITUATION AND 'MAKE PLANS' TO ADHERE TO OUR CALL.

Blossom, 02:01:2014




richard dolan song

SEND SNOWDEN HOME

Send Snowden home

750,000
744,540

The world's greatest whistleblower is stuck in the Russian winter, facing solitary confinement, ridicule, and life in prison if US agents grab him. But this week, we could help get him to safety.

Edward Snowden exposed the mind-boggling and illegal level of surveillance the US government is conducting on, well, all of us. His welcome in Russia runs out soon, and he's got nowhere to go. But Brazilian President Dilma is angry at US surveillance and experts say she might brave massive US pressure to consider asylum for Snowden!

This is about much more than one man. If Snowden's act of truth-telling leads to crippling punishment, it sends the wrong signal to abusive governments and whistleblowers everywhere. If 1 million of us take action now, we can send President Dilma the largest citizen-supported asylum bid in history -- sign to safeguard Snowden and defend democracy everywhere.

SIGN HERE


KIEV



Revolution in Kiev, Ukraine

In the last days I received multiple requests to translate my posts for foreign readers, as they have very limited information about the happenings in Ukraine. This material describes events which took place in Kyev on January 22 and 23.

Sharing and distribution is appreciated.

22 January 2014. Battles on streets of Kiev.

I came to Kiev. I came to see for myself what is happening here. Of course, an hour after arriving at Maidan, you begin to understand that everything what you've read in dozens of articles, saw in TV news reports is total crap. In the upcoming reports I will try to, as objectively as possible, to sort out this new wave of Kiev revolution.








www.paradigmresearchgroup.org
Janeiro 16, 2014

Deixem a desinformação começar


Translate

Ancient Knowledge

HERE WE ARE ONCE AGAIN ...





The Book of Enoch

Einstein

Português
Falado em Portugês Biografia - Albert Einstein nasceu na região alemã de Württemberg, na cidade de Ulm, numa família judaica. Em 1852, o avô materno de Einstein, Julius Koch, estabelece-se como comerciante de cereais em Bad Cannstatt, nos arredores de Estugarda. Os pais de Einstein, Hermann Einstein e Pauline Koch, casaram-se em 8 de agosto de 1876. Hermann, que era comerciante, muda-se de Bad Buchau para a cidade de Ulm, onde passou a viver com a esposa. É em Ulm que nasce Albert Einstein, em 14 de março de 1879.

Rainbow of Love and Gratitude

Thank You to All

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE
BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

Steve Bassett Interview