fol





Be of GREAT HEART our dear friends.

SO VERY MUCH HAS CHANGED …

SO VERY MUCH IS CHANGING …

SO VERY MUCH WILL CHANGE …

For it is written in the stars.

Are you not ALL ‘Children of the stars’? Did you not KNOW what you had decided and then came to Earth to put it into place?

The Federation o Light -- 16th August, 2014


to gain space


Thursday, January 30, 2014

BIOGRAFÍA DE SIXTO PAZ WELLS


BIOGRAFÍA DE SIXTO PAZ WELLS 


Sixto José Paz Wells nasceu em  12 de Dezembro de 1955, em Lima,  capital do Peru. Filho de um conhecido investigador do fenómeno Ovni, Carlos Paz García, cresceu num ambiente familiar muito propício à  investigação da vida extraterrestre. Completou os estudos primários e secundários sob  orientação dos frades Maristas, terminando os  estudos  e obtendo o primeiro lugar na Ordem de Méritos. Prosseguiu os estudos universitários na Pontificia Universidad Católica del Perú, tendo frequentado as faculdades de História e Arqueología. É casado com Marina Torres Puglianini e tem duas filhas, Yearim e Tanis;  actualmente, ambas exercem as suas carreiras profissionais.


A partir de 1974, ele começa a estabelecer uma das experiências de contacto extraterrestre mais fascinantes e difundidas a nível mundial. Foi precisamente em 22 de Janeiro de 1974, originada por uma conferência ditada  pelo Dr. Víctor Yañez, médico do Hospital da Polícia de Lima e membro da Sociedade Teosófica, sobre o tema "A Telepatia como transmissão do pensamento à distância",  que sugeria a possibilidade de existirem seres de outros mundos que visitam a Terra, e que poderiam estar a tentar comunicar com a Humanidade, não só fisicamente com as suas naves, mas também astralmente, através de sonhos,  ou mentalmente, através da telepatia.


Motivado pelas conclusões da conferência, (Sixto)  reuniu-se em casa dos pais com a mãe e a irmã, para experimentar os exercícios de telepatia e, deste modo,  procurar estabelecer uma ligação possível com os extraterrestres. Sixto estava a praticar yoga há já algum tempo, e considerou que tudo isso, somado a uma atitude mental positiva, facilitaria o contacto.


Naquela noite, após inúmeras respirações profundas, acompanhadas de um relaxamento e concentração total, Sixto sentiu a necessidade compulsiva de abrir os olhos e escrever. Estava consciente, afastado  de todo o transe, e foi então que recebeu uma psicografia, fenómeno denominado como escrita automática. Nessa suposta mensagem, um ser chamado Oxalc, que dizia ser oriundo de Ganímides, uma das luas de Júpiter, afirmava estar disposto a estabelecer uma comunicação. Sixto não acreditou que isso fosse real, apesar de ter comparado igualmente, com  as sensações captadas pela mãe e pela irmã.


No dia seguinte repetiu-se a experiência na presença e com a participação de vinte pessoas. Recepcionou-se um segundo comunicado, onde se convidava o grupo improvisado a comprovar a realidade do contacto, mediante um avistamento anunciado previamente, que ocorreria em  7 de Fevereiro de 1974, às 21:00 h, a 60 km a sul de Lima, num lugar chamado: "CHILCA".


Assistiram à saída  daquelas vinte pessoas, e à hora indicada,  todas elas puderam ser  testemunhas da aparição de um objecto de forma lenticular, cheio de luzes, com meia dúzia de escotilhas, que saiu entre as colinas do deserto, e chegou a colocar-se a uns oitenta metros por cima de todas as testemunhas. Nesse momento todos ficaram cheios de medo, mas captaram nas suas mentes, como se alguém estivesse a falar-lhes ao ouvido e que lhes disse: ´Não descemos neste momento, porque não sabem controlar as vossas emoções. Haverá uma preparação, uma data e um lugar.”

Cinco meses depois, a nave desceu na mesma zona, e Sixto e três  companheiros puderam chegar junto do tripulante, que desceu da nave perante os seus próprios olhos. O ser era muito alto, tinha aspecto humanóide e usava um fato brilhante. A comunicação com ele foi efectuada por telepatia.


Os avistamentos e os contactos físicos multiplicaram-se com o correr do tempo, os mesmos foram dados a conhecer a nível mundial, pelo jornalista  espanhol Juan José Benítez, autor de livros tão conhecidos como a série: "Caballo de Troya", "Los Astronautas de Yahvé", "La Rebelión de Lucifer", "El Enviado", "Documentos Oficiales", etc.


Juan José Benítez, quando era apenas um correspondente de imprensa  da agência Efe de notícias de Espanha, foi enviado ao Peru para fazer a cobertura da insólita notícia do contacto, que  um grupo de adolescentes peruanos afirmava ter e manter. A vida deste jornalista mudou radicalmente, por ser ele mesmo testemunha presencial, imparcial e objectiva destes contactos, quando, em 7 de Setembro de 1974, assistia com o  grupo no deserto de Chilca, e viu aparecer dois ovnis (objectos voadores não identificados), tal como lhe tinha sido anunciado previamente.


Tal foi a impressão que teve por tudo o que viu e pelo facto do contacto que pode verificar que, de regresso a Espanha, não só deu a conhecer o seu testemunho através de toda a imprensa e da Televisão Espanhola, como também publicou um livro: "OVNIS S.O.S. A LA HUMANIDAD", da editorial Plaza & Janés. No ano seguinte, Benítez regressou ao Peru em companhia de outro jornalista da agência Efe, Manuel Mujica, e ambos assistiram com o grupo a um novo encontro programado, mas, desta vez numa praia a norte de Lima, de onde ocorreu um novo avistamento anunciado para a imprensa, do qual surgiu outro livro intitulado: "CIEN MIL KILOMETROS TRAS LOS OVNIS".


Os contactos continuaram, vivenciando-se experiências extraordinárias como são os passos interdimensionais "XENDRA"; a recepção dos "CRISTALES PIRAMIDALES DE CESIO"; novos encontros físicos e o acesso em três ocasiões ao interior das suas naves, podendo Sixto visitar uma base submarina, cidades em Morlen ou Ganímedes, o que sucedeu em duas ocasiões.

Durante todo o processo do contacto, convocou-se sete vezes a  imprensa internacional, para testemunhar a autenticidade e a realidade das experiências, a vigência da mensagem recebida e transmitida, que fundamentalmente procura semear esperança na Humanidade em relação a um futuro positivo para o planeta, sujeito, obviamente, ao esforço da nossa própria transformação pessoal e colectiva.


Um dos últimos convites à imprensa ocorreu em Março de 1989, quando quarenta jornalistas de oito países assistiram ao contacto  no deserto, e entre os convocados estava Leticia Callava, do canal 51, da Telemundo de Miami; Beatriz Parga, do Miami Herald; José Gray, do Canal 23 Univisión; Rolando Veras, do Canal 2 Buenos Aires, entre outros, que puderam ver, filmar e fotografar a nave extraterrestre.

Sixto Paz viaja anualmente para 21 países, dando conferências e seminários, sendo convidado  para todos os Congressos Internacionais que se celebram sobre a matéria, assim como é convidado assíduo de canais de televisão e  programas da radio em todo o mundo para comentar as  suas experiências e qualquer facto relacionado com esse tema.


Deu palestras nos Foruns internacionais mais prestigiados e importantes, a saber: nas Nações Unidas, em Nova York, na Sociedade das Américas, na Universidade de Columbia, na Universidade John F. Kennedy, na Universidade de Montreal, na Universidade Complutense de Madrid,  na Universidad Autónoma de México, etc. 

É  autor de numerosos livros publicados na Argentina, Espanha, México, Colômbia e Peru.

Os títulos são:



Na sua busca da verdade e das respostas que podiam ser dadas através do contacto, explorou as selvas do México, Guatemala e Honduras seguindo a rota Maya; percorreu a África em ocasiões repetidas, especialmente o Egipto,  investigando cada uma das muitas pirâmides, templos e Necrópoles, procurando achar a ligação com a verdadeira História planetária,  à  luz da visita dos extraterrestres; participou  em viagens nas Selvas de Manaus, na Amazónia, seguindo as pegadas dos sobreviventes da cultura Inca, procurando contactar com a cidade  perdida de Paititi ou Quañachoal; esteve várias vezes em Israel procurando respostas sobre os anos perdidos de Jesus, os Essénios e as origens  verdadeiras das nossas crenças; com o objectivo da investigação, visitou muitos dos mais importantes santuários da Europa e lugares misteriosos como Stonehenge, em Inglaterra, seguindo a rota Astúrica e a rota Templária; participou, igualmente,  nas mais diversas iniciações secretas que o fizeram ligar-se com as dimensões superiores da consciência em diversas partes do mundo. 

No comments:

Post a Comment

p

Terra Galactica

crop circle

ET First Contact

the way we live

Could you imagine

MAN


THE ENTIRE 14:02' INTERVIEW IS AVAILABLE AT

rd


info@exopoliticsportugal.com

xmas



“Glory to God in the highest, and on Earth peace, good will toward men.”

This Christmas, Give Peace



I Decree


FOR SPIRITUAL ENLIGHMENT

PLEASE VISIT THIS SITE






esoteeric II



SUBTITLES IN ENGLISH, ESPAÑOL, PORTUGUÊS

Click upon the circle after the small square for captions

pleiades

THIAOOUBA PROPHECY - 14,15,16,17,18

P. Camelot - PORTUGUESE

terra galactica uk

TSUNAMI OF LOVE

Please click the icon YouTube and then the small square at the bottom right side to get the captions CC, and choose subtitles in UKRAINIAN

埋め込み画像 1埋め込み画像 2

Popular Posts

Be divergent

CONTACT

ashtar

arabic song












SO ... ONCE AGAIN I REITERATE ...

WE ARE ASKING YOU FOR YOUR ASSISTANCE ... WE ARE PUTTING OUT AN S.O.S. ... IN LOVE ...

TO OUR STAR BROTHERS AND SISTERS ... OUR FAMILY ... WE ASK FROM OUR HEARTS ... FROM THE CORE OF WHO WE ARE ... THAT YOU UNDERSTAND OUR SITUATION AND 'MAKE PLANS' TO ADHERE TO OUR CALL.

Blossom, 02:01:2014




richard dolan song

SEND SNOWDEN HOME

Send Snowden home

750,000
744,540

The world's greatest whistleblower is stuck in the Russian winter, facing solitary confinement, ridicule, and life in prison if US agents grab him. But this week, we could help get him to safety.

Edward Snowden exposed the mind-boggling and illegal level of surveillance the US government is conducting on, well, all of us. His welcome in Russia runs out soon, and he's got nowhere to go. But Brazilian President Dilma is angry at US surveillance and experts say she might brave massive US pressure to consider asylum for Snowden!

This is about much more than one man. If Snowden's act of truth-telling leads to crippling punishment, it sends the wrong signal to abusive governments and whistleblowers everywhere. If 1 million of us take action now, we can send President Dilma the largest citizen-supported asylum bid in history -- sign to safeguard Snowden and defend democracy everywhere.

SIGN HERE


KIEV



Revolution in Kiev, Ukraine

In the last days I received multiple requests to translate my posts for foreign readers, as they have very limited information about the happenings in Ukraine. This material describes events which took place in Kyev on January 22 and 23.

Sharing and distribution is appreciated.

22 January 2014. Battles on streets of Kiev.

I came to Kiev. I came to see for myself what is happening here. Of course, an hour after arriving at Maidan, you begin to understand that everything what you've read in dozens of articles, saw in TV news reports is total crap. In the upcoming reports I will try to, as objectively as possible, to sort out this new wave of Kiev revolution.








www.paradigmresearchgroup.org
Janeiro 16, 2014

Deixem a desinformação começar


Translate

Ancient Knowledge

HERE WE ARE ONCE AGAIN ...





The Book of Enoch

Einstein

Português
Falado em Portugês Biografia - Albert Einstein nasceu na região alemã de Württemberg, na cidade de Ulm, numa família judaica. Em 1852, o avô materno de Einstein, Julius Koch, estabelece-se como comerciante de cereais em Bad Cannstatt, nos arredores de Estugarda. Os pais de Einstein, Hermann Einstein e Pauline Koch, casaram-se em 8 de agosto de 1876. Hermann, que era comerciante, muda-se de Bad Buchau para a cidade de Ulm, onde passou a viver com a esposa. É em Ulm que nasce Albert Einstein, em 14 de março de 1879.

Rainbow of Love and Gratitude

Thank You to All

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE
BOB DEAN'S INTERVIEW - AUDIO + TRANSCRIPT CLICK IMAGE CLICK IMAGE

Steve Bassett Interview